Publicidade

Por Thiago Ermano | 2 de março de 2022

Esse interessante programa de intercâmbio internacional francês é destinado a estudantes do 4° ano dos cursos de Engenharia de Alimentos, que queiram aplicar conhecimentos e aprender mais sobre o setor internacional de laticínios.

Neste ano, o tema escolhido pela cátedra, é: “Procura por desempenho para uma indústria responsável”. O programa é financiado pela Fundação Institut Agro e tem o patrocínio da Lactalis. Estudantes da UNESP e UNICAMP foram selecionados, no ano de 2021.

A empresa global mantém parceria sólida, por algumas décadas com o L’Institut Agro, e promove anualmente o recrutamento internacional de estudantes pelo mundo. A Lactalis é uma multinacional francesa, produtora de lácteos, sendo o maior grupo de laticínios do mundo.

Entre os dias 1° de janeiro de 2021 a 1° de janeiro de 2022, a consultoria internacional AMMANA promoveu ações de relacionamentos, apresentações e participou de entrevistas com estudantes de Engenharia de Alimentos de universidades brasileiras, interessados em realizar um intercâmbio internacional na França na melhor faculdade de engenheira agrônoma e engenheria de alimentos L’Institut Agro em Rennes.

No edital de recrutamento internacional 2020-2021, foram selecionadas três estudantes, para cursarem três semestres de estudo na França, no Institut Agro, e passarão por um processo de trainees em uma das maiores empresas de laticínios do mundo.

Ex-aluna, hoje é executiva internacional e parceira estratégica

Nathalie Vanegas é uma executiva internacional de negócios e exporta serviços e produtos do Brasil para a França e para o mundo. Profissional é poliglota e fala francês, espanhol, inglês e português, sendo atualmente quem coordena as ações em parceria com o Institut Agro no Brasil – e, agora, nas Américas.

A partir de 2022, Vanegas passará a recrutar estudantes em outros países. O mais interessante sobre a executiva franco-venezuelana-colombiana (e brasileira) é que ela também foi estudante do mesmo instituto, que agora abre as portar para parcerias e contrata suas consultorias internacionais como headhunter.

“Como ex-aluna de l’Institut Agro, sinto muito orgulho de poder apoiar de volta essa faculdade que me proporcionou uma excelente formação, tanto acadêmica como profissional para o mercado internacional. O valor e qualidade dessa formação me deu bases sólidas para atuar em um setor de alto potencial, e também, para desenvolver relações internacionais entre a França e o Brasil.”

E complementa: Atualmente coordeno junto, com o apoio do time Lactalis Brasil, o programa de recrutamento, porque sei quais são as competências e perfis exigidos por ambas as partes (l’Institut Agro e Lactalis). Ambição, compromisso com simplicidade são os valores que a empresa mantém ao longo do tempo e que igualmente requisitados pelo l’Institut Agro.”

Fachado do Institut Agro Rennes-Angers, uma importante escola de ciências da vida

Mais oportunidades entre França-Brasil:

Além de das vantagens do programa de bolsas disponíveis em 2022-2023, estudantes do quarto ano de Engenharia de Alimentos, atuante ou que queiram atuar com laticínios, devem avaliar outras oportunidades, já que vão cursar mestrado em uma das principais regiões agrícolas produtoras da Europa e adquirir um duplo diploma (Brasil-França).

“Quem busca oportunidades de ter uma carreira técnica-executiva, nosso convite é especial. Principalmente aos estudantes em busca de uma instituição de educação francesa, capaz de oferecer uma formação completa no setor; e que traga uma dimensão internacional com grandes oportunidades para suas carreiras”, garante Nathalie Vanegas.

Sobre o mestrado

Os estudos vão durar três semestres e serão focados no tema: “Procura por desempenho para uma indústria responsável”. A seleção começa nos dias 01 de novembro de 2021 e encerra as candidaturas em 25 de março de 2022, com apresentação online e cadastro obrigatório para interessados. O ano letivo na França começa em setembro de 2022, em data a ser informada durante as orientações da AMMANA.

Esse intercâmbio é para quem tem interesse em realizar carreiras internacionais em unidades industriais, produção, pesquisa e desenvolvimento e gerenciamento de equipe. Um grande eixo do projeto conta com uma rede de universidades parceiras do Institut Agro. Os patrocínios e apoios vão permitir a graduação do futuro de gestores biculturais.

Públicos-alvo

Estudantes de Engenharia de Alimentos, prestes a se formarem (4º ano); que queiram iniciar carreira internacional e adquirir titulação de mestrado com duplo diploma (Brasil-França). Estão disponíveis duas bolsas de estudos pagos por três semestres.

Os perfis procurados são de candidatos que já tenham alguma noção de francês e inglês, já que as aulas serão totalmente em francês e a comunicação, como segunda língua.

“O francês gosta de estudantes que se integrem, e falem a língua francesa. Esses terão ótimos resultados nas experiências de intercâmbio para estudos”.

De acordo com a executiva e ex-estudante do Institut Agro, “se adaptar e ter capacidades de trabalhar ou realizar projetos com equipes diversas é um desafio. Buscamos estudantes com alta capacidade de aprendizado e que tenham um bom nível em exatas, ciência de engenharia, física e estatística, ainda”, finaliza.

Qualidade na ponta do processo de investigação

O Institut Agro vem investigando técnicas para ampliar qualidade, oferecendo oportunidades para estudantes do ensino superior, de diversos lugares do mundo.

Esse programa foi criado pelo Departamento de Relações Internacionais AGROCAMPUS Ouest do I’institut Agro – Escola Nacional de Ciências Agronômicas, Agroalimentares, Horticultural e Paisagismo.

O evento é uma realização da AMMANA, com apoio do canal Fruits of Brazil e da agência de reputação profissional e gestão de redes de relacionamentos Comunicar Bem. E com apoio do canal informativo Fruits of Brazil.

Para mais informações, entre em contato por email: nathalie@ammana.com.br

Publicidade